O que é varicocele? - Clínica Reproduce O que é varicocele? - Clínica Reproduce
BLOG

O que é varicocele?

A varicocele é uma doença que afeta o cordão espermático — um dos componentes do sistema reprodutor masculino —, cuja principal função é conduzir os espermatozoides pelo ducto deferente.

Além desse canal, o cordão espermático é composto pelo epidídimo (que coleta e armazena os gametas), por artérias, veias, nervos e outros componentes e, portanto, além de ser fundamental para sustentar e manter os testículos na bolsa escrotal, cumpre um papel essencial na fertilidade do homem.

Por isso, assim como outras patologias que afetam o sistema reprodutor, a varicocele pode limitar a capacidade de reprodução masculina.

Além de apresentar sua definição, este artigo esclarece quais são alguns dos riscos associados à doença e a principal teoria sobre suas causas. Se você ou seu marido foi diagnosticado ou apresenta sintomas da varicocele, acompanhe o artigo e descubra mais sobre o assunto.

Varicocele

A varicocele é uma doença que se caracteriza pela dilatação das veias do cordão espermático, fazendo surgir varizes no local. Esse fenômeno acontece porque o sangue que chega do abdômen aos testículos pelas artérias não retorna com a facilidade que deveria.

Essas veias alteradas, em homens com varicocele, estão localizadas junto aos testículos, de modo semelhante às varizes nas pernas e geralmente no lado esquerdo.

Estima-se que a varicocele afeta 10% a 15% dos homens, mas esse percentual pode chegar a 38% se forem considerados apenas os homens que procuram métodos da reprodução assistida para gerar filhos.

Essa busca acontece por que a varicocele é a principal doença relacionada à infertilidade masculina, embora o problema não se desenvolva em todos os casos. A dificuldade em ter filhos, aliás, é um dos principais sintomas da patologia, mas na maioria das vezes, esta é assintomática, especialmente nos estágios iniciais.

Quando a varicocele se desenvolve, no entanto, o homem pode notar outros sintomas, como uma pequena atrofia testicular, sensação de peso e dor, que é aliviada ao deitar.

A varicocele é uma doença grave?

Existem alguns riscos associados à doença, mas em geral a varicocele não é considerada grave. Quando há atrofia testicular, a pressão nas veias pode aumentar e, com isso, elevar os riscos de danos ao testículo devido ao contato com toxinas no sangue.

Se a doença se desenvolver para um grau mais grave, o que costuma acontecer, geralmente, após os 30 anos de idade, é possível que ocorra também alterações nas células responsáveis pela produção de testosterona, o que pode causar prejuízos aos espermatozoides e à fertilidade do homem.

Para diferenciar os níveis de risco da varicocele, foram criadas algumas classificações, que variam de acordo com a manifestação física da doença. O primeiro grau é subclínico, isto é, só é comprovável por meio de exames de imagem e, portanto, não deve ser utilizado por não causar comprovadamente alguma consequência.

O grau I é caracterizado por um estágio inicial em que as varizes ainda são muito pequenas e não perceptíveis quando o homem está em pé e em repouso. No entanto, podem ser visualizadas se o paciente realizar a manobra de Valsalva, quando fecha o nariz e a boca e expulsa o ar pelos ouvidos, o que aumenta a pressão abdominal.

No grau II, quando a varicocele já se encontra mais desenvolvida, as varizes possuem tamanhos moderados e podem ser palpadas sem a manobra. No estágio seguinte (grau III), no entanto, é possível percebê-las apenas pela visualização, pois encontram-se mais nítidas.

Quais são as causas da doença?

Segundo a teoria mais aceita, a varicocele acontece devido a um funcionamento inadequado das válvulas que regulam o fluxo de sangue do cordão espermático, o que ocasiona o refluxo de sangue e a dilatação das veias.

Ainda, na maioria das vezes, a varicocele é congênita e, embora possa se manifestar em qualquer idade, costuma surgir na puberdade. É por esse motivo, aliás, que a doença não pode ser prevenida.

No entanto, ao perceber os primeiros sintomas da doença, é importante que o homem consulte um urologista para evitar o desenvolvimento das varizes e os riscos associados.

Para diagnosticar a varicocele, o médico pode realizar apenas o exame físico, que envolve a visualização e palpação do local, mas também pode solicitar exames de ultrassom e espermograma para descartar outras causas do problema.

O diagnóstico é importante para a escolha do tratamento ideal que, no estágio inicial, pode se limitar à observação periódica para evitar que a doença se desenvolva. Se houver progressão, no entanto, é possível curar a doença por meio de cirurgia ou embolização e até restaurar a fertilidade do homem, sem alterações a sua função sexual.

A varicocele é uma doença que se caracteriza pelo surgimento de varizes no saco escrotal, provavelmente devido a anomalias nas válvulas do cordão espermático. Geralmente é assintomática e, embora existam riscos associados, não costuma ser considerada grave, sendo a infertilidade um dos principais danos provocados pela enfermidade.

Você acredita ter a doença e quer saber mais sobre o assunto, como exames e tratamento? Então leia a seção sobre varicocele aqui no site.

Compartilhar:

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *